Tudo que você precisa saber sobre seguro viagem

Fim de ano chegando e as tão sonhadas férias também! Momento ideal para aproveitar e rever a família que mora longe, curtir com os amigos visitando algum lugar novo, descansar em praias paradisíacas, ou até mesmo, iniciar o planejamento das próximas viagens. E pra isso, fique atento sobre as informações do seguro viagem.

Muita gente não sabe qual a importância desse serviço e que para diversos destinos é necessário contratar um seguro viagem. Mas não se preocupe, separamos para você todas as informações e dicas sobre assunto. Aproveite a leitura e boa viagem!

Seguro viagem, o que é?

O seguro viagem é um serviço contratado que tem como objetivo prestar suporte para viajantes e turistas. Em diversos locais, como os países da Europa, o seguro é obrigatório para entrar no território.

Além disso, o seguro viagem torna aquela viagem dos sonhos muito mais tranquila caso algum imprevisto aconteça. Ninguém espera que algo de ruim aconteça quando está longe de casa curtindo as férias, são nessas situações que contratar um seguro viagem irá fazer toda a diferença.

O seguro oferece diferentes coberturas, desde auxílio hospitalar, bagagens extraviadas ou roubadas até morte. Tudo isso de acordo com o serviço que o cliente contratar. Modalidades como individual, empresarial ou familiar também são oferecidas dependendo da seguradora.

Pra que ter um seguro viagem?

Segurança, bem-estar, tranquilidade e obrigatoriedade são alguns dos motivos para contratar um seguro viagem. Durante a viagem você deseja descansar, conhecer lugares novos e a última coisa que você deseja é ter alguma preocupação.

Ter com quem contar em situações fora do previsto é uma ótima ajuda, assim você aproveita só o lado bom.

Para outros países e até para o território nacional é possível contratar um seguro, afinal ninguém quer incomodar-se durante as férias, não é mesmo? O serviço não é exclusivo com destino ao exterior, podendo ser realizado para o exterior e para dentro do Brasil. 

Porém, se o seu destino são países da Europa o seguro é obrigatório. Países que assinaram o Tratado de Schengen exigem que o seguro viagem deve ser de no mínimo 30 mil euros com assistência médica por doença ou acidente.

Quais os tipos de cobertura?

As coberturas devem ser verificadas diretamente com a seguradora no momento da compra do serviço. Separamos os tipos mais comuns de coberturas, veja a seguir.

  • Despesas médicas, hospitalares, odontológicas em viagens nacionais ou internacionais: indenização das despesas decorrentes destes serviços, derivadas de acidente pessoal ou enfermidade súbita ocorrida no período da viagem, após a saída do segurado da sua cidade.
  • Traslado de corpo: indenização das despesas com a liberação e transporte do corpo do segurado do local do falecimento até o domicílio ou local de sepultamento.
  • Regresso sanitário: indenização das despesas com o traslado de regresso do segurado ao local de origem da viagem ou domicílio, caso não esteja em condições de retornar como passageiro regular por motivo de acidente.
  • Traslado médico: indenização das despesas com a remoção ou transferência do segurado até o hospital mais próximo em condições de atendê-lo, por motivo de enfermidade ou acidente pessoal coberto pelo seguro. 
  • Morte em viagem: pagamento do capital segurado aos beneficiários do segurado, de uma única vez ou sob a forma de renda, em caso de falecimento do segurado por causas naturais ou acidentais durante o período de viagem.
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem: indenização em caso de perda, redução ou impotência funcional definitiva, total ou parcial, dos membros ou órgãos definidos no contrato em decorrência de lesão física sofrida pelo segurado provocado apenas por acidente pessoal ocorrido durante o período de viagem. Quando contratadas as coberturas DMHO nacional e exterior, o seguro deve conter obrigatoriamente a cobertura de Traslado Médico.
  • Bagagem: indenização em caso de extravio, roubo, furto, dano ou destruição da bagagem, devidamente comprovados.
  • Funeral: indenização das despesas com o funeral em caso de falecimento do segurado ocorrido durante o período de viagem.
  • Cancelamento de viagem: indenização das despesas não reembolsáveis com a aquisição de pacotes turísticos e/ou serviços de viagens, como transporte e hospedagem, se o segurado ficar impedido de viajar ou continuar viajando.
  • Regresso antecipado: indenização das despesas com o traslado de regresso do segurado ao local de domicílio, ocasionadas por evento coberto.

Como utilizar o seguro viagem?

A utilização do seguro viagem é diferente de outros seguros, podendo ser feita das seguintes formas:

  • Acionar a seguradora via 0800 ou Whatsapp, algumas seguradoras possuem essa facilidade. A seguradora irá indicar um prestador de serviço conveniado mais perto para atender a sua ocorrência;
  • Caso não for possível acionar a seguradora ou não há um serviço conveniado próximo é necessário que o segurado procure um prestador de serviço, realize o pagamento e solicite as notas de atendimento. Após chegar a cidade de domicílio, solicite o reembolso dos valores gastos de acordo com o valor da apólice.

Quanto custo um seguro viagem?

Os valores vão depender do seguro contratado e do tempo solicitado que o para cobrir. Vale muito mais economizar um pouquinho e contratar um seguro de qualidade do que não comprar esse serviço.

Algumas seguradoras fazem a média diária de 10 reais, porém isso pode depender de acordo com os serviços contratados.

Adquirir um seguro viagem garante um passeio seguro, tranquilo e sem gastos extravagantes caso alguma situação indesejada ocorra. Muito melhor viajar com um seguro viagem e não precisar usar, do que passar por uma situação difícil.

Para onde será as suas próximas férias? Conte pra gente deixando um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *