Conheça mais sobre o Dia Internacional da Mulher

Em 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Uma data celebrada em empresas, escolas, instituições públicas e na família. 

Para o comércio, a data se tornou mais um momento de homenagear e presentear as mulheres. É comum enviar flores, jóias, chocolates e presentes no geral, tudo para a data não passar em branco.

Mas além de toda a celebração e confraternização a respeito do dia, acontece muitos atos políticos, como protestos sobre a comemoração do dia da mulher. São reivindicações pela igualdade de direitos, salários e liberdade.

Mas você sabe a origem dessa data? Onde e como surgiu? Qual a relação com empoderamento feminino? E qual a história da Sorella Seguros? Não se preocupe, a gente te conta tudo!

Origem do Dia Internacional da Mulher

São diferentes histórias sobre a real origem do Dia Internacional da Mulher. Todas marcadas por muita dor, luta, coragem e força.

A história conta que em 25 de março de 1911 houve um grande incêndio em uma fábrica nos Estados Unidos. O incêndio ocorreu em Nova York na Triangle Shirtwaist Company, onde 146 pessoas morreram, sendo 125 mulheres e 21 homens.

As causas do acidente foram devido as péssimas condições do local, como a sua instalação elétrica, composição do solo, as repartições e a grande quantidade de tecidos que tinha na fábrica, servindo como combustível para o fogo.

Sem contar que na época, não havia preocupação com a saúde e qualidade de trabalho dos funcionários. Muitos trabalhavam 16 horas por dia e não tinham nenhum equipamento de proteção, treinamento ou segurança para realizar as atividades. Não apenas nos Estados Unidos, mas em diversos países, as más condições enfrentadas pelos trabalhadores durante a Revolução Industrial estavam presentes. 

Em resposta a inúmeras culturas que menosprezavam as mulheres, as greves e protestos eram a forma encontrada para igualar e melhorar direitos, empregos e salários das mulheres, pois em muitas profissões somente os homens poderiam exercer.

Com isso, a Organização das Nações Unidas (ONU) oficializou a data em 1975, para destacar e empoderar as mulheres.

O empoderamento feminino e a busca por reconhecimento

Hoje enfrentamos uma luta diferente, mas que teve início lá trás. Se podemos votar, trabalhar, estudar, viajar ou dirigir carros é porque houve muitas mulheres de coragem e força.

O empoderamento feminino é um movimento que prega mais do que a igualdade entre homens e mulheres. Seu objetivo é garantir que as mulheres tenham poder de escolha, participação política e econômica na sociedade. E principalmente, possam decidir sobre suas vidas pessoais e profissionais sem depender de ninguém e não ser julgadas por isso.

Todos esses movimentos e lutas são direcionado para um único ponto, respeito. Hoje, muitas empresas estão trabalhando para mudar conceitos e culturas que até então não eram questionadas, como é o caso da peça de roupa denominada ‘tomara que caia’, que tem um cunho sexista.

Ou situações que eram vistas como impossíveis, alinhar carreira e maternidade, mas hoje a co-fundadora de uma das maiores empresas do Brasil estar grávida na capa da maior revista de negócios. Cada pequeno avanço no empoderamento feminino deve ser celebrado todos os dias, não apenas no dia 8 de março. Pois, além de flores, presentes e chocolates, o que as mulheres desejam todos os dias é respeito e igualdade.

Sorella Seguros, uma história escrita por mulheres de garra

A Sorella começou de um sonho de amigas, que com muita garra, determinação, união e força feminina virou realidade.

Os 20 anos de história são resultado de muito trabalho, dedicação, comprometimento e amor por todos que fizeram parte dos capítulos desse livro. Foram muitos desafios encontrados, em um ramo competitivo, predominado por homens, mas nunca faltou conhecimento, amor e coragem para provar que são capazes.

Apesar de todas as dificuldades existentes no caminho nunca deixaram de sonhar e fazer acontecer. Do primeiro cartão de visita, à sala emprestada, o primeiro outdoor até a mudança para a sede própria em 2004 que já contava com 7 mulheres. Era o começo de uma história de sucesso, com muita determinação, planejamento e amor pelo negócio.

A Sorella Seguros é uma das maiores corretoras de seguro de Santa Catarina e conta com mais de 80% de colaboradores mulheres.

Fundadoras Sorella Seguros

Segundo pesquisa realizada em 2019 pela Escola de Negócios e Seguros (ENS), 55% da mão de obra no setor segurador são de mulheres. 

Por isso, não somente neste 8 de março, mas em todos os dias, queremos parabenizar as mulheres que fazem seu trabalho com amor, com força, que lutam e enfrentam diferentes dificuldades todos os dias para que as futuras gerações de mulheres possam desfrutar dessas conquistas também.

No Dia Internacional da Mulher reconheça a força do poder de uma mulher, suas lutas, conquistas e histórias. Celebre as realizações e apoie as batalhas que ainda é necessário combater.

Compartilhe esse texto com as mulheres que são exemplos pra você. Todas que inspiram a ser melhor, a nunca desistir, que te dão força e coragem para continuar. Feliz Dia Internacional da Mulher para todas as guerreiras.

Tudo que você precisa saber sobre seguro viagem

Fim de ano chegando e as tão sonhadas férias também! Momento ideal para aproveitar e rever a família que mora longe, curtir com os amigos visitando algum lugar novo, descansar em praias paradisíacas, ou até mesmo, iniciar o planejamento das próximas viagens. E pra isso, fique atento sobre as informações do seguro viagem.

Muita gente não sabe qual a importância desse serviço e que para diversos destinos é necessário contratar um seguro viagem. Mas não se preocupe, separamos para você todas as informações e dicas sobre assunto. Aproveite a leitura e boa viagem!

Seguro viagem, o que é?

O seguro viagem é um serviço contratado que tem como objetivo prestar suporte para viajantes e turistas. Em diversos locais, como os países da Europa, o seguro é obrigatório para entrar no território.

Além disso, o seguro viagem torna aquela viagem dos sonhos muito mais tranquila caso algum imprevisto aconteça. Ninguém espera que algo de ruim aconteça quando está longe de casa curtindo as férias, são nessas situações que contratar um seguro viagem irá fazer toda a diferença.

O seguro oferece diferentes coberturas, desde auxílio hospitalar, bagagens extraviadas ou roubadas até morte. Tudo isso de acordo com o serviço que o cliente contratar. Modalidades como individual, empresarial ou familiar também são oferecidas dependendo da seguradora.

Pra que ter um seguro viagem?

Segurança, bem-estar, tranquilidade e obrigatoriedade são alguns dos motivos para contratar um seguro viagem. Durante a viagem você deseja descansar, conhecer lugares novos e a última coisa que você deseja é ter alguma preocupação.

Ter com quem contar em situações fora do previsto é uma ótima ajuda, assim você aproveita só o lado bom.

Para outros países e até para o território nacional é possível contratar um seguro, afinal ninguém quer incomodar-se durante as férias, não é mesmo? O serviço não é exclusivo com destino ao exterior, podendo ser realizado para o exterior e para dentro do Brasil. 

Porém, se o seu destino são países da Europa o seguro é obrigatório. Países que assinaram o Tratado de Schengen exigem que o seguro viagem deve ser de no mínimo 30 mil euros com assistência médica por doença ou acidente.

Quais os tipos de cobertura?

As coberturas devem ser verificadas diretamente com a seguradora no momento da compra do serviço. Separamos os tipos mais comuns de coberturas, veja a seguir.

  • Despesas médicas, hospitalares, odontológicas em viagens nacionais ou internacionais: indenização das despesas decorrentes destes serviços, derivadas de acidente pessoal ou enfermidade súbita ocorrida no período da viagem, após a saída do segurado da sua cidade.
  • Traslado de corpo: indenização das despesas com a liberação e transporte do corpo do segurado do local do falecimento até o domicílio ou local de sepultamento.
  • Regresso sanitário: indenização das despesas com o traslado de regresso do segurado ao local de origem da viagem ou domicílio, caso não esteja em condições de retornar como passageiro regular por motivo de acidente.
  • Traslado médico: indenização das despesas com a remoção ou transferência do segurado até o hospital mais próximo em condições de atendê-lo, por motivo de enfermidade ou acidente pessoal coberto pelo seguro. 
  • Morte em viagem: pagamento do capital segurado aos beneficiários do segurado, de uma única vez ou sob a forma de renda, em caso de falecimento do segurado por causas naturais ou acidentais durante o período de viagem.
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem: indenização em caso de perda, redução ou impotência funcional definitiva, total ou parcial, dos membros ou órgãos definidos no contrato em decorrência de lesão física sofrida pelo segurado provocado apenas por acidente pessoal ocorrido durante o período de viagem. Quando contratadas as coberturas DMHO nacional e exterior, o seguro deve conter obrigatoriamente a cobertura de Traslado Médico.
  • Bagagem: indenização em caso de extravio, roubo, furto, dano ou destruição da bagagem, devidamente comprovados.
  • Funeral: indenização das despesas com o funeral em caso de falecimento do segurado ocorrido durante o período de viagem.
  • Cancelamento de viagem: indenização das despesas não reembolsáveis com a aquisição de pacotes turísticos e/ou serviços de viagens, como transporte e hospedagem, se o segurado ficar impedido de viajar ou continuar viajando.
  • Regresso antecipado: indenização das despesas com o traslado de regresso do segurado ao local de domicílio, ocasionadas por evento coberto.

Como utilizar o seguro viagem?

A utilização do seguro viagem é diferente de outros seguros, podendo ser feita das seguintes formas:

  • Acionar a seguradora via 0800 ou Whatsapp, algumas seguradoras possuem essa facilidade. A seguradora irá indicar um prestador de serviço conveniado mais perto para atender a sua ocorrência;
  • Caso não for possível acionar a seguradora ou não há um serviço conveniado próximo é necessário que o segurado procure um prestador de serviço, realize o pagamento e solicite as notas de atendimento. Após chegar a cidade de domicílio, solicite o reembolso dos valores gastos de acordo com o valor da apólice.

Quanto custo um seguro viagem?

Os valores vão depender do seguro contratado e do tempo solicitado que o para cobrir. Vale muito mais economizar um pouquinho e contratar um seguro de qualidade do que não comprar esse serviço.

Algumas seguradoras fazem a média diária de 10 reais, porém isso pode depender de acordo com os serviços contratados.

Adquirir um seguro viagem garante um passeio seguro, tranquilo e sem gastos extravagantes caso alguma situação indesejada ocorra. Muito melhor viajar com um seguro viagem e não precisar usar, do que passar por uma situação difícil.

Para onde será as suas próximas férias? Conte pra gente deixando um comentário.

Novembro Azul

Durante todo o mês de outubro ouvimos falar sobre o Outubro Rosa, já em novembro ocorre o Novembro Azul. Mas você sabe o que é o Novembro Azul; qual a importância desse mês para a saúde masculina; por que ainda existe tanto preconceito a respeito dessa doença; quais os sintomas; os fatores de risco para o desenvolvimento da doença; como realizar o diagnóstico e como realizar a prevenção?

A gente te explica tudo isso aqui!

O Novembro Azul, assim como o Outubro Rosa é um movimento mundial. A sua criação é recente, iniciada em 2003 na Austrália. Porém, somente em 2008 começamos a falar sobre o tema no Brasil. Comemorado em novembro, pois o dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata ocorre no dia 17 deste mês.

O símbolo e as cores remetem ao universo masculino, a cor azul e o bigode. Durante todo o mês é realizado ações para conscientizar a população sobre o tema, prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. Muitas instituições e órgãos públicos colocam nas fachadas dos prédios a cor azul, como apoio ao movimento, exatamente como em outubro, no Outubro Rosa.

Qual a importância do Novembro Azul para a saúde masculina?

A cultura brasileira em relação á saúde masculina é cheia de preconceitos. Culturalmente o homem cuida muito menos da saúde do que a mulher e quando se trata de algo tão próximo da virilidade masculina o assunto piora.

No Brasil, segundo o Inca, o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais comum entre homens. Falar sobre o assunto é uma maneira de desmistificar os tabus que existem, incentivar a população a se informar sobre o tema e procurar auxílio médico para se prevenir.

Quanto mais discussões e incentivo para falar sobre o tema, mais pessoas serão impactadas positivamente e terão a oportunidade de realizar o tratamento adequado.

Quais os sintomas da doença?

No início a doença pode ser silenciosa, não apresentando sintomas. Ou podem apresentar dificuldade em urinar ou a necessidade de urinar muitas vezes. 

Já no estágio avançado os sintomas são dores óssea, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Quais os fatores de risco?

Conheça os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença.

  • A idade é um dos principais fatores de risco e possuem aumento significante após os 50 anos de idade;
  • outro ponto de atenção são os casos na família, pais ou irmãos com a doença pode refletir fatores genéticos ou hábitos alimentares;
  • excesso de gordura corporal;
  • exposição a arsênio, produtos de petróleo, motor de escape de veículo, hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA), fuligem e dioxinas.

Como realizar o diagnóstico da doença?

O médico pode solicitar dois exames para ter o diagnóstico, porém se necessário, pode ser solicitado exames complementares também. Os exames mais comuns são:

  • Dosagem de PSA: exame de sangue que irá avaliar a quantidade do antígeno prostático específico.
  • Toque retal: nesse exame o médico apalpa a próstata para identificar nódulos ou tecidos endurecidos. O exame é rápido, cerca de 15 segundos, e indolor.

Somente com a biópsia é confirmado o câncer, que é feita com uma amostra de tecido da glândula com auxílio da ultrassonografia.

A idade ideal para realizar o exame é 50 anos, porém para quem teve a doença na família o exame pode ser realizado a partir dos 45 anos. Com o tratamento precoce as chances de recuperação são altas.

Quais as práticas para prevenir o câncer de próstata?

Para manter a saúde em dia e prevenir o aparecimento do câncer de próstata algumas ações devem ser realizadas.

  • Ter uma alimentação saudável. Comer frutas, legumes, verduras, proteínas. Mantendo todas as refeições bem equilibradas sem pular nenhuma. Beber bastante líquidos e evitar o consumo em excesso de gorduras e bebidas alcoólicas;
  • evitar o uso de cigarro;
  • realizar atividades físicas regularmente. Independente da atividade escolhida, ela deve ser prazerosa e contínua, pelo menos três vezes durante a semana.

Seguindo essas dicas e realizando o acompanhamento médico regularmente é possível se cuidar.

Cuidar da saúde é assunto sério, devemos deixar de lado o preconceito e o tabu sobre o assunto para ter uma vida mais saudável. Buscar informações, ficar atento aos sinais do corpo e procurar um médico caso apresentar algum sinal.

E você, alguma dúvida sobre a doença? Deixe nos comentários abaixo.

Outubro rosa: prevenção do câncer de mama

No mês de outubro sempre ouvimos falar sobre o movimento Outubro Rosa, mas você sabe o que é isso e o que significa? O mês de outubro é conhecido mundialmente como Outubro Rosa. A data é comemorada desde os anos 90 para realização de diversas atividades relacionadas a conscientização e prevenção do câncer de mama.

A cor e o símbolo, um laço rosa, são utilizados por diversas instituições e empresas públicas e privadas durante todo o mês de outubro para lembrar e apoiar a causa. Empresas e pontos turísticos por todo o Brasil utiliza a cor rosa na fachada de prédios como forma de apoio ao movimento.

O câncer de mama é o segundo tipo que mais afeta mulheres no Brasil, representando mais de 25% de todos os tipos de câncer que atinge as mulheres. No ano de 2019 foram estimados 59.700 novos casos.

Além da conscientização para o tratamento do câncer de mama, recentemente também estão sendo divulgadas informações sobre câncer do colo do útero.

Quais os sinais da doença?

Para verificar os sinais da doença deve ser observado a região das mamas e axilas as seguintes alterações:

  • caroços endurecidos;
  • a pele na região da mama avermelhada;
  • inchaço em uma parte da mama ou em toda a região;
  • dores na mama;
  • diferença de tamanho de uma mama para outra;
  • secreção de líquido no mamilo sem causa;
  • nódulos na região do pescoço ou nas axilas.

Como realizar o autoexame?

O autoexame é muito importante, pois permite a mulher conhecer melhor o seu corpo e perceber caso tiver alguma alteração. O autoexame pode ser feito todos os meses de 3 a 5 dias após a menstruação, pois é quando a região das mamas está menos sensível.

É no autoexame que muitas mulheres conseguem perceber alterações no corpo. Realizar os exames e iniciar o tratamento adequado antes da doença ficar mais grave contribui para a prevenção do câncer de mama. A partir dos 40 anos de idade é indicado a realização do exame de mamografia. 

Para fazer o autoexame é importante realizar em 2 posições diferentes, em pé e deitada.

Em pé em frente ao espelho observe cor, tamanho e forma das mamas seguindo os passos:

  1. Com os braços estendidos na lateral do corpo.
  2. Com os braços levantados e as mãos atrás da cabeça.
  3. Com as mãos na cintura.

 

Deitada deve ser observado a presença de caroços na região das mamas e axilas.

  1. Deite com a cabeça apoiada na mão direita. Com a mão esquerda apalpe levemente toda a mama direita realizando movimentos circulares.
  2. Repita o movimento com o lado esquerdo.

Em pé durante o banho também é possível realizar o autoexame. Caso for encontrado algo fora do comum como mudança na coloração da pele, deformação das mamas ou caroços na região das mamas ou axilas, entre em contato com o médico.

O que é o exame de mamografia?

A mamografia é um exame de raios X realizado para ajudar no diagnóstico do câncer de mama. Com o exame é possível encontrar nódulos nas mamas com maior precisão, para identificar se os nódulos são malignos ou benignos é solicitado uma biópsia pelo médico.

Normalmente o exame é recomendado a partir dos 40 anos de idade, porém em casos da doença na família o médico pode solicitar antes dessa idade a realização do exame.

Para a realização do exame a mama é colocada em um aparelho apoiada entre duas placas para a gravação das imagens em raios X. Não existe nenhuma pré-indicação antes ou após a realização do exame.

A mamografia também é oferecida no Sistema Único de Saúde (SUS) por meio do encaminhamento médico.

Como realizar a prevenção do câncer de mama?

Não existe uma receita exata de como prevenir o câncer de mama, já que o surgimento está ligado a diversos fatores, por exemplo, o genético.

Algumas ações podem ser tomadas para diminuir o risco do desenvolvimento da doença em até 28%. São práticas para manter uma vida mais saudável.

O controle do peso corporal, evitando a obesidade por meio da alimentação saudável com todos os nutrientes necessários para o corpo, a prática de exercícios físicos adequado para cada pessoa são algumas ações indicadas para evitar o câncer de mama e ter uma melhor qualidade de vida.

Procurar informações sobre o tema, realizar o autoexame e ficar atenta aos sinais do corpo são passos importantes para a prevenção. Quando acompanhado e tratado desde o início, maior a possibilidade de cura. Não deixe que o preconceito ou a falta de informação prejudique a sua saúde. 

O conhecimento é a chave para eliminar o preconceito, realizando o tratamento no momento certo o câncer de mama tem cura. Surgiu alguma dúvida a respeito do assunto? Procure um médico de confiança e converse a respeito do tema.

Uma história construída com irmandade!

Três mulheres, três irmãs, sejam de sangue ou de coração. É assim que surgiu, há 20 anos, a história da Sorella.

Essa história envolve muito mais do que apenas a venda de seguros. É a história destas mulheres que, juntas, apostaram em um sonho, que se tornou realidade e mudou o rumo de suas vidas para sempre.

Fundadoras Sorella Seguros

Trabalhando juntas desde 1982, já no ramo de seguros, Lourdes, Dalva e Lilliana deixaram seus empregos em grandes corretoras para se unirem em um ideal: serem as donas do seu próprio negócio. Desde a inspiração pelo empreendedorismo, até a primeira sala, emprestada, o primeiro outdoor e em 2004 a inauguração da sede própria e no endereço que estão até hoje, o sonho se concretizou.

Naquele momento já não eram apenas três corações sonhando juntos… mas sete mulheres apaixonadas por seguros (e também por girassóis) que, com muito esforço e dedicação, concretizaram esta empresa que não para de crescer.

Se o início desta história se deu em um papo entre irmãs, não há dúvidas que até hoje, mais do que uma empresa, a Sorella é uma grande família. Família esta que cresceu e, hoje com mais de 30 colaboradores (sendo mais de 80% de mulheres), se destacou como uma das maiores corretoras da região e do estado de Santa Catarina, atuando em todas as modalidades de seguros.

Se o que você busca é a segurança de ter uma família de verdade cuidando de você e de tudo aquilo que conquistou com tanto esforço, conte com a gente. Faça contato ou venha nos fazer uma visita e entre para a família Sorella!